Após clonagem do celular de Paranhos, Tim terá que ressarcir secretário que caiu em golpe

  • 02/12/2019

Em decisão judicial homologada no último fim de semana, o 1ª Juizado Especial Cível de Cascavel entendeu que a Tim falhou na prestação do serviço e permitiu que estelionatários se apossassem do número do prefeito Leonaldo Paranhos, em março do ano passado.

Os golpistas usaram um grupo que une os secretários da gestão para pedir empréstimo em dinheiro. A promessa é que a devolução ocorreria no mesmo dia. A ação foi movida pelo ex-secretário de Agricultura, Agassiz Linhares Neto, que depositou R$ 10 mil em contas indicadas pelos golpistas, que usavam o número de Paranhos.

Ao perceber o golpe R$ 2 mil foram bloqueados, mas o restante já havia sido sacado pelos estelionatários.A sentença considerou que mesmo o secretário não sendo cliente da Tim, sofreu o dano decorrente da clonagem da linha telefônica de seu chefe, que é cliente. O chip foi clonado para habilitação da linha em aparelho de terceiro estelionatário, com objetivo de enganar os amigos e contatos do prefeito.

“Verifica-se que o uso do aplicativo pelo criminoso só foi possível mediante intervenção de algum dos funcionários da operadora, que viabilizou a troca do chip e o acesso aos dados do cliente, para desabilitar o chip em uso e habilitar em aparelho do fraudador, restando evidenciado que a ré age sem tomar as cautelas necessárias para impedir tal fraude”.

Foi determinada a devolução dos R$ 8 mil com correção. O pedido danos morais foi rejeitado.

Com inf, CGN.

Ficou sabendo de algo? Envie sua notícia no Whats Xeretando (45) 9.9824-7874

0 Comentários



Deixe seu comentário

* Seu comentário passará por uma avaliação antes de ser postado no site.
* Para que seja vinculada uma imagem sua no comentário é necessário cadastro no GRAVATAR